dezembro 28, 2010

COLÍRIO DA SEMANA (Especial de Fim de Ano) - Tropic Thunder


ROBERT DOWNEY, JR.

Estou distraída. Há horas! É uma coisa que me acontece com alguma frequência quando olho para Robert Downey, Jr. Vagueio. Vareio. 

Isso, e um sorriso de orelha a orelha. Rasgado. Empático. Cúmplice.

A Tia Hedonê sabe que deveria já ter um colírio de crónica escrito e pronto a entregar, que é como quem diz: a postar. Ando distraída com as melancolias de fim de ano. Até as Deusas sonham, que Diabo! Lilith, mesmo considerada uma Deusa Diabólica por homens e mulheres assustadiços, é Mulher e Sonha. Animus externo materializando na carne o interno. Se precisarem de tradução, avisem. Hoje estou assim: cem contemplações. Por segundo. Por batimento cardíaco. Por defeito. Arrítmico.

Abençoado Sénior que gerou este Júnior.

Nunca é demais relembrar que aqui no Boudoir, a inteligência conta e é afrodisíaca. Tal como o talento e o sentido de humor. Na língua de Sua Majestade, a Raínha, traduz-se por uma palavra: Wits. Robert Downey, Jr tem Wits. Está carregadinho de Wits. Takes de talento. Quem mais poderia interpretar Chaplin? Ninguém. Ninguém. Ninguém.

 Boneca Russa: o talento dentro do talento.

Talvez seja importante realçar que Robert Downey, Jr, é um precoce. Não... não é essa precocidade que vos passou pela cabeça, dilectas sobrinhas e sobrinhos. Quero eu dizer que é um sobredotado. Er... não... quer dizer: não sei! Nunca vi! Mas gostava muito. De ver e... experimentar e sentir e...  Isto hoje não me corre particularmente bem... Avisei-vos que o RD me deixa assim: sonhadora, aérea... capaz de meter água. Estes olhos tamanho XL são dois poços. Profundos. Tão profundos que corremos o risco de nos afogarmos neles.

Hedonê Mulher suspira pelo sentido de humor inteligente e sagaz. E pela capacidade de regeneração. Esteve perdido, seriamente, para as drogas, durante uma década. Morreu aos trinta e ressuscitou aos quarenta. Amén!

Ao contrário do cisne, RD cantou para anunciar um regresso em grande.

E voltou aínda mais bonito, mais talentoso, mais diabolicamente charmoso. Aquela gargalhada... É elementar, minhas caras e meus caros!

Beijinhos na testa ao Guy Ritchie por nos ter presenteado com um Sherlock Holmes tão... tão...

Estão a ver? Se Banderas me emprenhou a adjectivação, RD deixa-me sem palavras, quanto mais adjectivos. Fiquei com ele pelo beicinho aínda muito nova, ou noviça. Já Rebelde, mas disfarçada. O filme chamava-se Back To School (literalmente: Regresso à Escola). E aquele ar de rufia Nova Iorquino, com um sorriso que nos engole e aqueles olhos brilhantes XL, marcaram-me a fogo...

Em Tempestade Tropical, tirei-lhe todos os chapéus. Mostrou de que é feita a fibra dos grandes.

Continuo aérea e ainda não aterrei. Air America. Primeira Classe, por favor!

E agora, deixo-vos. Kiss Kiss Bang Bang que uma mulher não é de... Ferro!

Boas mudanças de páginas nas vossas agendas*

Vossa, Hedonê, em estado gasoso...





7 comentários:

Luísa Ortigoso disse...

Querida tia, que óptimo colírio para acabar o ano velho e entrar no ano novo! Assim à moda do próprio RD - em bom! Cá por mim, fazia uma festa de passagem de ano com o piqueno... e que festa eu fazia.... Mas o miúdo é apaixonado pela sua mais que tudo... que nervos...! Obrigada tia, mais uma vez, por nos presentear com tanto fogo em 2010 e, POR FAVOR, continue a brindar-nos assim durante 2011. Sempre atenta, veneranda e obrigada

Sua Lu

António Rosa disse...

Ainda este fim-de-semana foi possível confirmar-se o talento deste actor, no filme «O Homem de Ferro», com a sofisticada e talentosa Gwyneth Paltrow. Morro de curiosidade em saber se esta mulher em casa, é 'normal'.

Bonito post.

Hedonê disse...

Querida Lu,

para si desejo o Mundo, o Universo e todas as Estrelas do Firmamento: Robert Downey, Jr incluído.

Espero tê-la sempre no Boudoir a partilhar de tudo o que se for passando por aqui.

Um 2011 renovado e despojado, é o que lhe desejo, minha querida. Mas povoado e recheado com todo o seu Empowerment.

Esteja atenta às surpresa para 2011 ;)

Chucs cheios de brílio*

Hedonê disse...

Pois é, meu querido António! O Homem é de Ferro, mas eu não sou!

E o talento, e a inteligência e o sentido de humor fazem-me muitas cócegas. São afrodisíacos naturais!

Quanto à minha querida e sofisticada Gwyneth: olhe, nem sei que lhe diga. também já me questionei sobre o mesmo tema... Um talento e uma beleza inquestionáveis. E a elegância? Uma Deusa!

Obrigada pela visita.

Chuacs repenicados da Tia*

Marquesa da Tundavala disse...

Querida Tia,
Obrigada pelo colírio de Ano Novo. Continuo a dar graças, de mãozinhas beatificamente entrelaçadas, pelo rapaz ter voltado a ferro e fogo. Era escusado ter voltado também com uma aliança no dedo.
Obrigada pelos colírios anteriores. Obrigada pelos AVEs. Nem me atrevo a pensar o que lhe sairá da ponta dos dedos in Deep, ou quando abrir a janela e passar por si uma irish breeze.
Bjos mil da sua sister agradecida à pena e ao tinteiro que finalmente saltaram para fora do relicário e voltaram aos dedinhos.

Hedonê disse...

Ai se não é a Marquesa, minha irmã Lilithiana!

Meu coração rejubila ao senti-la, finalmente, neste Boudoir!

Tem toda a razão... o rapaz ressuscitou qual Fénix, mas trouxe um attachment. Mas a Tia fica feliz com a felicidade dos outros, deixe lá! É bonito de se ver.

Pois que a querida me conhece tão bem! Não se atreva, não! A pensar o que me sairá da ponta dos dedos in Deep. Quando passar por aqui a Irish Breeze... Chamem a Polícia!

Os dedinhos da Tia estão activos e recomendam-se. Acho que não voltaão, jamais, para dentro do relicário!

E quero tê-la sempre por perto, minha irmã*

Chuacsssss imensos* Até já, com um 2011 em Delírio e Colírio, na Alma e no Coração*

- disse...

Ah, maravilha ! O Bob Downey.
O seu intelectual é de um charme só, nível cultural, liberal e principalmente sensual. Uau ! Ele é demais.
Abraço querida.
Rayssa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...