abril 21, 2012

O Boudoir Renova-se e... Reinventa-se


Tem sido uma azáfama, mas a remodelação do Boudoir fez-se presente e a Tia Hedonê pôs mãos à obra. 

Tudo pelas dilectas sobrinhas e pelos dilectos sobrinhos. Os que se atrevem a entrar no Boudoir, claro.

Espero que gostem da nova decoração. Conhaque?

Chuacs

Vossa, Hedonê

janeiro 02, 2012

Colírio da Semana - " I wish I know how to quit you!"


JAKE GYLLENHAALL

Não, não estão a delirar (embora o caso não seja para menos!). Depois de um ano sabático, a hedonista mais exigente deste Boudoir (e arredores) - Hedonê - Tia Hedonê para @s dilect@s sobrinh@s, está de volta!

Lilith is REALLY Back!

E não podia deixar de assinalar o meu regresso com o já viciante, crocante, inebriante, vibrante, apaixonante, estonteante, inconstante e excitante: Colírio da Semana. Até para começarmos o ano 2012 em absoluta beleza Apolínea! Pois uma vez que dizem que o mundo vai acabar, é bom que seja em cuecas. Preferencialmente nas deste colírio!

Algures durante o ano passado a Tia foi ver o filme "O Amor é o Melhor Remédio". Gostou e mandou embrulhar. O remédio, claro. O Amor ficou lá: no guião e na belíssima interpretação de Jake Gyllenhall e Anne Hathaway (que já é a segunda vez que tem a felicidade de contracenar com Jake!)

Depois achei que o rapaz estava com alguma dificuldade em tirar a roupa e a Tia Hedonê sabe que neste Boudoir há sempre sobrinhas e sobrinhos solícitos e prontos a dar uma mãozinha...

Dizem que vivemos em Democracia, por isso, seguindo esses nobres princípios: Primeiras! Quer isto dizer que Jake terá que passar primeiro pela Casa da Partida... que é como quem diz - pelas mãos macias e envolventes desta Lilith.

E nada de queixumes, que já lá vai uma temporada sem colírios a lavar os olhinhos. Agora é só manifestações de gerações de enteados de um país orfão... Greves Gerais. E até um Primeiro Ministro que nos manda emigrar! O que vale é que a Tia é uma cidadã do mundo, senão voltaria a dar o grito - não do Ipiranga, mas o nosso muy luso e democrático: Primeiras!

Riquezas da vossa Tia! Vou dar-vos uma novidade em disco: Tristezas não (a)pagam dívidas. Assim sendo, convido-vos a voltarem ao convívio Boudoiresco e à experiência do AVE (Acidente Vascular Erótico) durante o ano mais badalado de sempre,  desde o famoso ano 2000 e o seu bug de estimação. Ai, como a Tia Hedonê adorava ter um bug de estimação!

Ou isso, ou este Príncipe da Pérsia! Estendia-lhe o tapete com requintes de refinadíssima malvadez e o moço nem precisava de ir à Máquina Zero, precisaria apenas de fazer a inspecção regulamentada pela lei. Da Atracção: uma das mais importantes Leis Universais.

A Tia Hedonê considera que Jake, um  Sagitariano com Ascendente em Leão, tem um sorriso capaz de contribuir em doses proibitivas para o Aquecimento Global, tal é o fogo em que ele arde e é tão visível a olho... quase nú. E para quem já não se lembra (depois de um ano não posso levar a mal que a vossa memória me tenha, selectivamente, catapultado para o quase esquecimento...), a Tia adora que o talento também seja visível e palpável. Piquinhos no pipi e cócegas na inteligência! Ó Doce Martírio!

Deleitem-se, pois! com um dos sorrisos menos Darko do cinema Norte Americano.

Fosse eu Heath Ledger, e teria pedido para ser eu a dizer a famosa frase que Jake grita desesperado em  Brokeback Mountain: I wish I know how to quit you!

Desejo (porque a Tia Hedonê deseja sempre) que o vosso 2012 seja o ano de todas as plumas, velas perfumadas, incensos tibetanos por entre sedas indianas, rendas e cetins. A voz de Ella ou Sinatra na vitrola. Flutes e banhos de espuma. Orgasmos múltiplos e pétalas de rosa aos pés d@ voss@ Deus@ interior.

Chuacs da Tia e Bem Vindos de volta ao aconchego do Boudoir ;)

Hedonê











janeiro 17, 2011

Boudoir Fechado Para Obras... Lilith Will Be Back. Soon.


Sobrinhas e Sobrinhos dilectos do coração desta vossa Tia Hedonê! Sem mais delongas, as minhas desculpas pela falta do Semanal Colírio que vos lava os olhinhos. Lilith chama por mim para um retiro da Deusa, chamado: Embrace the Moon.

Vou alimentar os meus poderes de Feiticeira. De Sacerdotisa. De Mulher. Beber da fonte. Reenergizar-me. E quando voltar, prometo recompensar a vossa espera: com Colírios e com tudo o mais o que tiver para partilhar convosco.

Até lá: Despenteiem-se. Sejam vocês mesmas. Amem-se. Mimem-se. Respeitem-se. Cuidem-se. Chorem e Riam com a mesma Intensidade, a mesma Verdade e o mesmo Amor.


Vossa

Hedonê

janeiro 04, 2011

COLÍRIO DA SEMANA - EU VI UM SAPO!


KERMIT

Antes de tecer qualquer outra consideração, a Tia Hedonê começa por deixar aqui os votos de um Ano 2011 mais Verdadeiro, mais Íntegro, e, se possível, mais Real.

Por Real, quero dizer: com os pés mais assentes no chão que pisamos e com a cabeça verdadeiramente em cima dos ombros. Observando os nossos actos e atitudes. Questionando as nossas acções. Fazendo um processo de auto análise que nos leve ao crescimento, em vez de permanecermos congelados entre os 2 e os 6 anos de idade.  E é por isso que, depois de algum recolhimento e introspecção, de algum balanço feito, abro o ano de 2011 com a realidade que nos venderam, e vendem, há séculos: o Sapo!

Mas este sapo, não é um sapo qualquer. Este é o mais famoso sapo da História Contemporânea, da Pop Art. Cocas, na sua versão portuguesa: Kermit, de seu verdadeiro nome.

Quantas estórias ouvimos, vimos e lemos (quando já tínhamos idade e talento para isso) sobre o famoso Príncipe Encantado? Ou sobre o eterno sapo que, um dia, ao sentir nos lábios um beijo dado com o ardor do verdadeiro Amor (ou com o verdadeiro furor da tusa), se transformaria num belo, robusto, gentil, vigoroso, protector, amoroso, corajoso, blá... blá... blá... comida para gatos, rebéu-béu pardais ao ninho, Príncipe Encantado? (E porque é que em português o Príncipe é sempre Encantado e nunca Encantador?)

Em português: estórias de encantar. Em inglês: bed time stories. Em brasileiro: história p'ra boi dormir!

Minhas queridas, vamos lá enfrentar a dura realidade! Cá bem no fundo, todas nós sabemos que o Príncipe Encantado não tem pilinha. É, de tão perfeito, assexuado. Senão proponho o seguinte exercício de visualização criativa:

- Tentem imaginar um qualquer Príncipe Encantado - um qualquer -  de todas as  estórias que nos venderam, com um grande pénis erecto, com as veias salientes do sangue a latejar, com o prepúcio totalmente retraído e a glande lubrificada e brilhante.

   ........ ........ .................  ....

... .... ........... .....

Pois. Bem me pareceu. O pénis vocês viram (e bem!). O Príncipe... aposto que não. Por uma simples, inegável e dura realidade: o Príncipe Encantado não tem os atributos acima descritos. O Príncipe Encantado não se despenteia. Pior! O Príncipe Encantado não NOS despenteia!

Na vida real, aqueles que se embrulham como Príncipes Encantados, quando os beijamos, transformam-se, na maior parte das vezes, mais depressa do que conseguimos dizer supercalifragilísticoexpialidoso, em sapos. Viscosos. Já se sabe: públicas virtudes, vícios privados... 
Eu, prefiro a versão, púbicas virtudes em qualquer momento.

Também há sapos que apenas são... sapos. Ponto. Um coachar e já está. Já?! Quando damos pela coisa, o download já se deu e não tivemos sequer direito a banda larga. Ou a qualquer outro tipo de banda, uma vez que nem chegámos a ouvir a música.

Mas este ano, Hedonê, dissertará muito mais sobre estes assuntos e tantos outros que serão variações sobre o primordial tema.

Pelo sim, pelo não, minhas queridas... sapo por sapo, mais vale suspirarmos por este: Kermit. Afinal de contas, come moscas, namora com uma porca e é uma estrela. É, bem vistas as coisas, um sapo cheio de pinta. Charmoso. E não. Não vamos querer que se transforme num Príncipe Encantado. Gostamos dele assim. Verde de giro! Talentoso. Divertido.

Queridas, que o ano 2011 seja mágico. Se um sapo vos oferecer flores: ACEITEM! Já observaram bem o alcance da língua de um sapo?

I rest my case!

Vossa Hedonê - Lilith is Back!

dezembro 28, 2010

COLÍRIO DA SEMANA (Especial de Fim de Ano) - Tropic Thunder


ROBERT DOWNEY, JR.

Estou distraída. Há horas! É uma coisa que me acontece com alguma frequência quando olho para Robert Downey, Jr. Vagueio. Vareio. 

Isso, e um sorriso de orelha a orelha. Rasgado. Empático. Cúmplice.

A Tia Hedonê sabe que deveria já ter um colírio de crónica escrito e pronto a entregar, que é como quem diz: a postar. Ando distraída com as melancolias de fim de ano. Até as Deusas sonham, que Diabo! Lilith, mesmo considerada uma Deusa Diabólica por homens e mulheres assustadiços, é Mulher e Sonha. Animus externo materializando na carne o interno. Se precisarem de tradução, avisem. Hoje estou assim: cem contemplações. Por segundo. Por batimento cardíaco. Por defeito. Arrítmico.

Abençoado Sénior que gerou este Júnior.

Nunca é demais relembrar que aqui no Boudoir, a inteligência conta e é afrodisíaca. Tal como o talento e o sentido de humor. Na língua de Sua Majestade, a Raínha, traduz-se por uma palavra: Wits. Robert Downey, Jr tem Wits. Está carregadinho de Wits. Takes de talento. Quem mais poderia interpretar Chaplin? Ninguém. Ninguém. Ninguém.

 Boneca Russa: o talento dentro do talento.

Talvez seja importante realçar que Robert Downey, Jr, é um precoce. Não... não é essa precocidade que vos passou pela cabeça, dilectas sobrinhas e sobrinhos. Quero eu dizer que é um sobredotado. Er... não... quer dizer: não sei! Nunca vi! Mas gostava muito. De ver e... experimentar e sentir e...  Isto hoje não me corre particularmente bem... Avisei-vos que o RD me deixa assim: sonhadora, aérea... capaz de meter água. Estes olhos tamanho XL são dois poços. Profundos. Tão profundos que corremos o risco de nos afogarmos neles.

Hedonê Mulher suspira pelo sentido de humor inteligente e sagaz. E pela capacidade de regeneração. Esteve perdido, seriamente, para as drogas, durante uma década. Morreu aos trinta e ressuscitou aos quarenta. Amén!

Ao contrário do cisne, RD cantou para anunciar um regresso em grande.

E voltou aínda mais bonito, mais talentoso, mais diabolicamente charmoso. Aquela gargalhada... É elementar, minhas caras e meus caros!

Beijinhos na testa ao Guy Ritchie por nos ter presenteado com um Sherlock Holmes tão... tão...

Estão a ver? Se Banderas me emprenhou a adjectivação, RD deixa-me sem palavras, quanto mais adjectivos. Fiquei com ele pelo beicinho aínda muito nova, ou noviça. Já Rebelde, mas disfarçada. O filme chamava-se Back To School (literalmente: Regresso à Escola). E aquele ar de rufia Nova Iorquino, com um sorriso que nos engole e aqueles olhos brilhantes XL, marcaram-me a fogo...

Em Tempestade Tropical, tirei-lhe todos os chapéus. Mostrou de que é feita a fibra dos grandes.

Continuo aérea e ainda não aterrei. Air America. Primeira Classe, por favor!

E agora, deixo-vos. Kiss Kiss Bang Bang que uma mulher não é de... Ferro!

Boas mudanças de páginas nas vossas agendas*

Vossa, Hedonê, em estado gasoso...





dezembro 21, 2010

COLÍRIO DA SEMANA (Especial de Natal) - SE7EN






Click to play this Smilebox greeting    
(Clicar no Play)


Ao primeiro dia, Deus criou o Dia e a Noite.
Ao segundo dia, Deus criou a Terra e o Mar.
Ao terceiro dia, Deus criou o Firmamento, o Céu.
Ao quarto dia, Deus criou as Estrelas e os Planetas.
Ao quinto dia, Deus criou os Pássaros e todos os Animais Marinhos.
Ao sexto dia, Deus criou todos os Animais Terrestres e criou o Ser Humano: Homem e Mulher.

... e ao Sétimo Dia, ao contrário do que rezam as crónicas, não descansou. Apenas teve tempo para parar um bocadinho e fumar um cigarro.  Tomou um café para despertar os sentidos - que o trabalho criativo é extenuante e cumprir prazos pode ser muito stressante - e refrescou o rosto ao espelho da casa de banho. E foi quando olhou para o espelho que teve uma epífania: criar um Ser à sua imagem e semelhança. E assim, ao Sétimo Dia, Deus correu para o estirador e criou a sua obra prima: Brad Pitt. Fez dele a Estrela Maior do nosso firmamento imaginação e transformou, desse dia em diante, a nossa vida num Inferno.

Brad Pitt é o Anjo da Anunciação. S. Gabriel Arcanjo na vida de Angelina Jolie. É Rei Mago. Estrela no topo da árvore, que é a oitava acima da cereja no topo do Bolo Rei. E a Tia Hedonê gostaria muito de o ter deitado nas palhinhas e fazer dele o seu "Personal Jesus". E depois desta frase herética, podem queimar-me na fogueira como a Joana D'Arc.

Ninguém personificaria tão bem o nosso calcanhar de Aquiles. O Louie do meu contentamento, esse Anjo atormentado de Anne Rice, cuja fragilidade comove e nos envolve na sensualidade da New Orleans de outros tempos.

E nunca  a Tia teve tanta vontade de ser manteiga de amendoim espalhada numa colher reluzente completamente entregue e rendida nos braços da Morte. Mas também, nunca a Morte foi tão humana. Tão nossa. Tão íntima e sensual. Depois,  travar renhinhos Combates num Clube  privado, e o leito como ringue de todas as batalhas, rodeado por lençóis de cetim onde todas as Lendas por contar seriam apenas as da Paixão.

A Tia Hedonê queria tanto conseguir resistir ao cliché da época... mas é difícil: Brad... all I want for Christmas is you!

Brad não é os Sete Pecados Capitais. É a Capital do Pecado. Sin City. É as Sete Virtudes Cardinais. Rosa dos Ventos. Bússula que desnorteia a Thelma que há em mim.

Jardim Suspenso da Babilónia. Perfume-Homem. Bastardo Inglório que nunca teremos...

Queridas Sobrinhas e Sobrinhos, este post é para Destruir Depois de Lêr na lareira das nossas retinas.


Vossa Hedonê, em estado sazonal. Feliz Natalidade, porque olhar para o Brad Pitt, faz-me renascer a cada momento... Ó Cristo da minha Cruz! Jesus.



BRAD PITT

dezembro 18, 2010

"As opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-la!"


Agora, que já me sinto um pouquinho mais restabelecida do AVE pelo qual ía sendo fulminada esta semana, causado pela frente quente vinda de Málaga, volto para vos dar as Boas Festas, através das palavras daquela que é uma das mentoras da Tia Hedonê: a Dra Rute Remédios, esse prodígio da Sexologia.

Mulher com uma sabedoria sem igual. Certo?! Certo.

Fica o poema e as imagens. Inspirem. Respirem a sabedoria e preparem-se para o Colírio da Semana (especial de Natal). Suspirem. Muito. Se respirar é viver, suspirar é RE Viver, e ajuda a oxigenar o organismo.

"FELIZ NATAL PARA TODOS

Foi por ti, meu amor, que eu esperei.
 Por ti. Só. Nesta noite sem igual.
Vem fazer do meu corpo um Bolo-Rei. Comer-me a fruta cristalizada ao natural.
E se no final  aínda te sentires fraco;
Podes também comer o meu buraco."




Vossa, Hedonê

E já sabem: "As opiniões são como as vaginas: cada uma tem a sua e quem quiser dá-la, dá-la!"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...